Deixemos nossas crianças serem crianças

Atualmente com a velocidade da luz que as coisas andam, seja com a globalização, internet e até mesmo pelo Mercado, estamos sendo empurrados a sermos rápidos, super diplomados e estarmos sempre a frente  e   quando percebemos estamos fazendo tudo pra ontem, pulando etapas, tentando chegar antes e infelizmente muitas vezes nós sequer sabemos onde.
 
Tenho visto cada vez mais o impacto disso tudo nas nossas crianças.  É como se a infância não tivesse mais tempo de ser infância e cada dia mais cedo as nossas crianças precisam crescer e consequentemente entrar na roda de ser bem sucedido, que é fruto de estar precocemente ultra graduado, falando cinco idiomas, tendo viajado o mundo, sabendo isso, sabendo aquilo para poder o mais rápido possível ter ter ter alguma coisa.
 
O termo pré-adolescência por si só já mostra que os adultos estão aceitando e olha lá senão empurrando, suas crianças para se tornarem adolescentes cada dia mais cedo  e assim que chegarem à adolescência, o comércio, os tantos idiomas e infelizmente até suas famílias os empurrará a se tornarem adultos.  Tudo nesta velocidade, incrivelmente rápida e até sufocante dos dias de hoje.
 
Já não bastasse que nossas crianças não podem mais brincar na rua até as tantas da noite, eles ainda são fadados a assistirem novela com suas famílias que não enxergam censura em mais nada, ou no "melhor" dos casos, para que não assistam à programas impróprios à sua idade, tais crianças gastam seu tempo livre em i-pads, celulares  ou games diversos, pois não se tem mais tempo de brincar em família com jogo de tabuleiro ou simplesmente jogar conversa fora no sofá. 
Não bastasse as crianças serem pré-adolescentes com 8 anos, agora aos onze é comum vermos meninas de salto que foram obviamente comprados por seus pais, meninos já não podem aos 8 se interessar por determinados brinquedos porque isso não é coisa de sua idade  e quando chegam aos 15, 16 anos a vida sexual destes adolescentes já é agitadíssima, sua inocência e consequentemente a melhor fase de suas vidas já foi embora há um bom tempo e muita, muita gente acha isso normal.
 
A intenção não é polemizar sobre um tema que por si só já é bastante polemico, mas trazer à tona as nossas mais divertidas e inocentes lembranças infantis que infelizmente nossos filhos não poderão viver. 
 
Podemos ao menos tentar fazer algumas pequenas trocas na rotina dos nossos filhos
 
Menos eletrônicos
Uma noite por semana substituir um eletrônico por algum jogo de interação em família como imagem e ação, tabuleiro, perguntas e respostas, stop ou o que sua imaginação mandar
 
Mais diálogo
Ao menos uma vez na semana, tentar trocar o som do carro no trajeto da escola por uma conversa franca e descontraída em família.
 
Menos pressa
Separar da correria cotidiana os momentos que serão dedicados à família, de forma que quando estiverem em família, realmente as pessoas estejam ali, nem que para isso seja necessário que todos coloquem seus celulares em uma caixinha, que não se atenda o chefe ao telefone e/ou ninguém ligue a TV, para que neste momento as crianças percebam que seus pais estão realmente dedicados à elas.
 
Explicar o porque das coisas
Conter o quanto for possível a adultização das crianças explicando-lhes com paciência e principalmente com amor as etapas da vida, fazendo-as compreender que a pressa neste caso é a saudade de amanhã e contribuindo para que sua criança seja plenamente criança enquanto assim estiver.
 
Quem sabe exaurindo o tema, este resgate dos principais valores da infância possa acontecer, nós possamos ainda frear este trem descarrilhado que hoje nos transporta e oxalá trazer para nossas crianças, enquanto é tempo, o brincar, o se sujar, o rir em família.. Pois o caminho da maturidade  é uma estrada sem volta da qual cada individuo adulto bem sabe, deixa sempre muitas saudades do que ficou pra trás.
Já que a deliciosa infância  esta apenas de passagem .. Vamos deixa-la passar tranquilamente !

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe-me saber o que você achou deste post. Comente !

Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL