100.000 Visitas no Blog


Fiquei tão feliz quando vi que, mesmo escrevendo esporadicamente (que pena que não dá para ser com maior frequência) e também sem divulgar o blog, cheguei na casa das CEM MIL visualizações.

Isso serve para me mostrar três coisas :

1. Falar de maternidade é legal e as pessoas curtem
2. A minha ideia de "fazer terapia online" deu certo  (risos)
3. Minha loucura não é tão insana assim.. 

Mas sobretudo..

Com base nos comentários, nas pessoas que me procuram  por e-mail e também por aquelas que eu nem imaginava que me seguiam e lá um belo dia me dizem que lêem o blog, eu posso garantir que não estou sozinha nesta jornada !   Terei sempre com quem contar, mães e "pães" que vivem as mesmas dores e delícias, que tem os mesmos anseios, que partilham dos mesmos sonhos da maternidade.

Por estas e outras, o meu sincero MUITO OBRIGADA !  .. e vamos que vamos rumo aos 200.000 :-)

Beijos carinhosos
Gláu

Dez coisas que sua mãe não te contou

Tão lindo, tão perfeito e parece "tão eu"  ..  aliás, "tão nós" pois acredito que em algum momento qualquer mãe que ler este texto vai se identificar, que eu fui obrigada a compartilhar !!

Por: Natasha Craig

Grávida.
Lá estavam elas, claras como a luz do dia: as duas linhas azuis do teste de gravidez que eu tinha acabado de comprar, me encarando.
Chequei de novo...
Uma linha = não está grávida.
Duas linhas = grávida.
Sim, estava definitivamente grávida.
Meu coração palpitava.
Minha cabeça girava.
Meu estômago revirava.
Estava nervosa, empolgada, com medo, em êxtase, tudo ao mesmo tempo.
Estava realmente acontecendo! Depois de anos sonhando, me preparando e esperando este dia, ele finalmente tinha chegado. Eu seria mãe.
Mas não sabia que, em nove curtos meses, começaria a mais exaustiva, transformadora, angustiante, mas indescritivelmente recompensadora jornada da minha vida.
Em nove meses, saberia o preço da maternidade, em primeira mão. Entenderia exatamente o que significa ser mãe. Teria toda uma nova compreensão e gratidão pela linda mulher que chamo de Mãe.
Aprenderia coisas que mães vivenciam e das quais seus filhos sabem muito pouco.
Eis aqui 10 coisas que sua mãe nunca te contou.

1. Você a fez chorar... muito. Ela chorou quando descobriu que estava grávida. Ela chorou quando te deu à luz. Ela chorou quando te segurou pela primeira vez. Ela chorou de felicidade. Ela chorou de medo. Ela chorou de preocupação. Ela chorou porque se preocupa profundamente com você. Ela sentiu suas dores e suas alegrias e ela as compartilhou com você, mesmo que você não tenha percebido.
2. Ela queria aquele último pedaço de bolo. Mas, quando te viu com aqueles olhões, lambendo a boca, não tinha como comê-lo. Ela sabia que ficaria muito mais feliz vendo a sua barriguinha cheia, em vez da dela.
3. Doeu. Doeu quando você puxou o cabelo dela; doeu quando você a agarrou com aquelas unhas afiadas, impossíveis de cortar; doeu quando você mordeu o peito dela enquanto mamava. Você machucou as costelas dela quando chutava ainda dentro da barriga; esticou a barriga dela por nove meses; fez o corpo dela se contrair de dor quando veio ao mundo.
4. Ela sempre teve medo. Do momento em que você foi concebido, ela fez tudo para te proteger. Ela virou sua mamãe-urso. Ela é aquela mulher que queria dizer não quando a menininha da rua pedia para te segurar e que fez careta quando você estava nos braços dela. Na cabeça dela, ninguém seria capaz de te dar tanta segurança. O coração dela bateu mais rápido quando você deu seus primeiros passos. Ela ficou acordada até mais tarde para ter certeza de que você tinha chegado em casa são e salvo, e acordou cedo para te levar para a escola. Ela estava por perto a cada topada ou tropeção; estava pronta pra te abraçar quando você acordava com pesadelos ou febre. Ela estava lá pra garantir que você estaria OK.
5. Ela sabe que não é perfeita. Ela é a maior crítica dela mesma. Sabe de todas as deficiências que tem e às vezes se odeia por causa delas. Mas é ainda mais dura consigo mesma quando se trata de você. Ela queria ser a mãe perfeita - mas, como é humana, cometeu erros. Ela provavelmente ainda está tentando se perdoar. Mais que tudo, ela gostaria de voltar no tempo e fazer as coisas de outro jeito, mas isso é impossível, então seja gentil e saiba que ela fez todo o possível.
6. Ela te observou dormindo. Às vezes ela ficava acordada até as 3h, rezando para você finalmente pegar no sono. Ela mal conseguia ficar de olhos abertos enquanto cantava para você, implorando: "Por favor, por favor pegue no sono". E aí, quando você finalmente dormia, ela te colocava no berço e todo o cansaço desaparecia por um segundo. Ela ficava ali, olhando sua cara angelical e perfeita, sentindo mais amor do que achasse ser possível, apesar dos braços cansados e dos olhos doloridos.
7. Ela te carregou por muito mais que nove meses. Você precisava. Então ela te carregou. Ela aprendeu a te segurar enquanto fazia limpeza, enquanto comia, até mesmo enquanto dormia: não tinha outra alternativa. Os braços estavam cansados, as costas doíam, mas ela te segurava pra ter você bem perto. Ela te agarrou, te amou. Você se sentia seguro nos braços dela; sabia que era amado nos braços dela. Por isso ela te segurou o quanto fosse necessário.
8. Seu choro cortava o coração dela. Não havia som mais triste que seu choro, imagem mais horrível que lágrimas escorrendo do seu rosto perfeito. Ela fez tudo o que era possível para que você não chorasse e, quando não podia impedir suas lágrimas, o coração dela se partia em um milhão de pedacinhos.
9. Ela te colocou em primeiro lugar. Ela ficou sem comer, sem tomar banho e sem dormir. Ela sempre colocou suas necessidades na frente das dela. Ela passava o dia inteiro cuidando de você e, no fim do dia, não sobrava energia para ela mesma. Mas, no dia seguinte, ela acordava e fazia tudo de novo.
10. Ela faria tudo de novo. Ser mãe é um dos trabalhos mais difíceis do mundo, um trabalho que às vezes te leva ao limite. Você chora, você sofre, você tenta, você erra, você trabalha e você aprende. Mas você também sente mais alegria do que achava ser possível e mais amor do que seu coração comporta. Apesar de tudo o que sua mãe passou por sua causa, ela faria tudo de novo, porque você vale a pena. Então, da próxima vez que a vir, diga obrigado. Diga que a ama. Nunca vai ser demais.

Festa de 1 ano da Ceci - post de atualizações


Nossa, como passa o tempo .. O post de introdução que eu fiz para falar da festa da Ceci foi há quatro meses.    Hoje a Cecília está com quase oito meses, linda, sorridente, grandona e como nos aproximamos cada vez mais do grande dia, eu também já tenho  avanços da organização da festa para compartilhar.

Local : Defini o Country Club mesmo ! Lá é bonito, grande, tem gramado para as crianças, a estrutura da cozinha com louças e aparato de apoio é excelente, além de ser muito aconchegante.

Data : 11/04/15 às 16:00h (desta vez será coquetel ou café colonial)...  pois é, a comida eu ainda não defini.

Party Designer - Vai ser a Queiroz de Macedo e eu né, claaaaro ! kkkk       A Queiroz de Macedo é especializada em festas elegantes e de extremo bom gosto, fizemos uma reunião de briefing onde eu informei tudo o que espero deste dia e eles me passaram muita confiança.  O mais legal é que eles me permitem "me meter" na festa kkk de forma que as coisas que eu estou preparando e os detalhes que quero inserir na decoração serão todos incorporados ao cenário, pois eles aceitam.  Para quem quiser o contato, www.queirozdemacedo.com.br

Convites - Este é um capítulo à parte, pois eu tinha idealizado um convite e encontrei muita coisa similar ao que eu queria, mas não exatamente do jeitinho que sonhei. Eu quero um convite grande, porém clean, cujo envelope seja encorpado em papel nobre, o texto já tenho idealizado e a cereja do bolo será uma cinta com detalhes que remetam à festa.     Então saí "à caça" deste convite idealizado, mas quando eu gostava do envelope o interior não me agradava, quando curtia os dois, a cinta era sem graça .. o que eu fiz ?   Comecei eu mesma a prepara-lo!    Encomendei o envelope em uma empresa de SP  www.envelopesepapeis.com.br pois eles tinham exatamente como eu queria, sem dobras e colagens, mas sim um envelope de casamento.  O interior eu mesma fiz no corel e encaminhei para uma gráfica imprimir para mim em papel 240gr fosco e agora começarei a produção das cintas.  Depois posto foto.

Musica ao Vivo - Definido o Jared mesmo !  Ele é ótimo, já estou acostumada, assim não tem erro.

Chapeuzinho vintage customizado - É a coisa mais fofa que dá um trabalhinho considerável, mas vai ficar um mimo só.  Sabe aqueles chapeuzinhos que nós usávamos nas nossas festinhas lá na década de 80 ? é parecido com aquilo, só que forrado com tecido, colado com penduricalhos, enfim.. cheio de bossa.   Depois terá fotinhos também.

Garrafinhas vintage para suco - Comprei no Mercado Livre um lote de 30 garrafinhas.

Canudo de Chevron - Aqui é meio caro, comprei no aliexpress.

Latinhas de Nescau - Estou forrando com o tecido da festa.

Coisas de casa - Estou com olhar de garimpeira na minha própria casa, a cada dia redescubro alguma coisa que pode ser útil na decoração. Um par de sapatos da bebê, louças engraçadinhas, panos, roupinhas, latas que ganham vida, taças e xícaras diferentes, tudo isso vai ganhar um toque de jardim e comporá a decoração da mesa principal.

Mimos e delícias que comprei na net e que já chegaram : colherinhas personalizadas para mousse (elo7) / esquilinhos empalhados (aliexpress) / mini bicicletinhas aramadas (mercado livre) / porta guardanapo (alguns eu fiz outros comprei na Big Festas) / baldinhos azuis e rosas para colocar docinhos (Big Festas) / Papel de scrapbooking em floral de rosa e azul (a scraperia) / toalhinhas doilies para usar nos convites e em toppers (comprei na China, mas agora tem em casas de festa)
Nome da Cecília recortado no MDF em letra cursiva (elo 7).

Ahhhh, está muito gostoso mesmo ficar divagando sobre a festa, hehehe.     No dia vai passar muito rápido, portanto o melhor da festa ainda é esperar por ela... e prepara-la !

Daqui uns dias tem mais ! ;-)

E aqui, deixo inspirações para que você possa, assim como eu, sonhar um pouquinho !!
 






A primeira conquista escolar

Gente eu estou emocionada hoje, uma sensação de satisfação e saudades misturada .. O meu príncipe, aquele bebezinho de ontem, que parece ainda um bebezão aos meus olhos, acaba de concluir a educação infantil rumo ao ensino fundamental !  Acabou aquela coisa de ir pra escola para brincar e muito embora as brincadeiras ainda vão figurar a formação dele, a coisa á partir do ano que vem "será séria"  .. Com muito orgulho anuncio, O MATEUS VAI PRO PRIMEIRO ANO !! 

Este mês de dezembro que por si só é nostálgico, emocionante e reflexivo, está me fazendo desta vez ter mais um sentimento, o de saudades misturado a um orgulho enorme. O Mateus deixa agora de ser bebezão para ser um gurizão hehehe, ano que vem ele será efetivamente alfabetizado, terá provinha na escola, vai ter lição todos os dias e coisas para estudar.

Com isso tudo, tenho reflexões a dividir com vocês :

O TEMPO PASSA DEPRESSA DEMAIS e passa mesmo ! Lembro-me com frescor da minha tão saudosa  mãe falando isso a medida que eu crescia; Lmbro-me quando passei no vestibular que ela com a voz embargada por um choro que logo a seguir escapou de algeria, me abraçou e disse ..
"_ É menina, vc vai bater asas agora !!  O tempo passou rápido demais"

A MAIOR EMOÇÃO DOS PAIS É VER O CRESIMENTO E A ALEGRIA DE UM FILHO  e  eu nunca imaginei que entenderia isso com no mais amplo sentido como entendo agora.  cada palavra nova aprendida, cada sacada engraçada de seu amadurecimento, cada demonstração de independência me fazem tão, mas tão feliz !!  Eu vejo nele os meus hábitos, certas vezes é engraçado porque saem dele até as nossas falas, então por mais que eu saiba que existe ali uma personalidade, com gostos e opiniões próprias, eu sempre vejo traços do legado que estou lhe deixando e quando isso é demonstrado em forma de crescimento, de desenvolvimento ... aff !!  quase explode o meu coração.

CADA VEZ MAIS EU QUERO APROVEITAR O HOJE porque daqui a pouquinho (e vai ser muito rápido mesmo, eu sei ..) eles estarão adolescentes, cheio de amigos convidando para ir pra praia no final de semana, vão namorar e aí esta fase deliciosa do hoje terá passado. É muito louca a sensação prévia de ninho vazio que algumas mães, inclusive eu temos;  Talvez por sermos esta geração de mães worckaholic , estamos sempre com a sensação de que estamos perdendo o melhor da festa para depois sentir saudades dela..  Por outro lado, mesmo sabendo que terei saudades, também sei que serei puro orgulho por vê-los grandes e donos do seu nariz.. Mas o que fica é isso, temos que aproveitar o hoje porque o HOJE é o meu maior presente.

Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL