Festa Provençal - faça você mesma

 
A Provence está em alta e fazer decorações de festas neste estilo é super trendy.
E você sabe porque do nome provençal ? Porque o estilo nos remete à região de Provence na França e como a exemplo das fotos, é um lugar lindo !

  
Daí a mania provençal que tomou conta das decorações de nossas casas e eventos que fazemos.  A ideia por aqui tomou pinceladas brasileiras que trouxe ainda mais frescor ao estilo, pois nós somos os "mestres do jeitinho", né ?  E se não se pode ter a França, trazemos um pouquinho dela pro nosso dia a dia. 
Como estou às voltas com a festa da Cecília que será de temática jardim, em minhas buscas tenho encontrado muitas inspirações que puxam pro provençal e que eu resolvi compartilhar com quem gosta do assunto.
 
 
 
 
Ideias boas para você mesma fazer a festa no estilo provençal, sem muito custo e com muita bossa:
* Usar louça branca na decoração, tal como, jarras, bules, leiteiras, pratos com borda trabalhada
* Decorar o ambiente com vasos feitos de garrafas vazias , pode ser garrafinhas transparentes com agua e flores dentro, vale guardar aquele recipiente que vem com azeite de oliva, bem como, potinhos de geleia e o que mais a sua criatividade mandar
* Tecidos estampados para usar como sobre-toalha nas mesas dos convidados e também como trilho na mesa principal.. misturar estampas em cores harmônicas também fica uma graça
* Bichos de louça - lembra daqueles passarinhos, cachorrinhos e demais bichinhos de louça branca que as nossas mães decoravam a casa nos anos 80 ? Pois bem, agora eles são o maior charme se colocados como peça decorativa em uma mesa com decoração provençal.
* Alugue o mobiliário. Aqui no Brasil existem muitas opções de mobiliário provençal, tem os de madeira de demolição que são mais fiéis ao estilo francês e tem também uma versão customizada em laca branca e com trabalhados em corações, arabescos, que são muito engraçadinhos para usar em festas de meninas.
* Coloque flores naturais sobre o bolo, você pode encapar o caule com plástico filme e espeta-lo no bolo ou simplesmente "deitar" as flores sobre o mesmo, fica lindo.
 
Enfim, quando há criatividade o céu é o limite .. boa festa !

Como escolher os padrinhos para um filho(a)

A escolha dos padrinhos para o filho costuma ser uma tarefa difícil, pois existem vários fatores envolvidos.. A necessidade de acerto é o primeiro ponto, já que subentende-se que estas serão as pessoas mais próximas do seu filho depois dos pais;  A preocupação em não desagradar ninguém, pois é comum que se crie expectativas em cima desta escolha no seu entorno familiar e de amigos, mas sobretudo, que sejam pessoas que tenham os princípios que você quer que se filho aprenda para a vida.

Na religião católica o batismo deve acontecer o mais cedo possível, tendo em vista que a criança passará à partir daquele momento a ser cristã; Os evangélicos por sua vez, o fazem quando adulto por acreditarem que a pessoa precisa compreender o que está fazendo .. Mas enfim, independente de qual seja a sua crença, os padrinhos vão sim figurar este momento e deverão permanecer neste posto por toda a vida do afilhado.

No começo deste ano nós fizemos esta opção pela segunda vez ao definirmos quem batizaria a Cecília e portanto, dividirei aqui o que eu acredito ser importante levar em consideração no momento desta importante escolha:

1) Afinidade
É de suma importância que o casal de padrinhos sejam pessoas próximas do afilhado, do contrário, o afilhado vai crescer sem o devido contato;

2) Idade do casal
Embora não seja uma regra, eu acredito que os padrinhos sendo jovens  terão mais disposição para se dedicarem ao seu afilhado. Nada impede que sejam pessoas idosas, mas se a proposta é que os padrinhos sejam os segundos pais do afilhado(a), o ideal é que a idade deles seja não muito distante da idade dos pais do batizando;

3) Concordância do casal
Não adianta levar para madrinha do seu filho, aquela sua amiga que seu marido detesta ! Imagine, para o resto da vida da criança ele tendo que topar com ela, no mínimo, nas datas mais importantes da sua família como aniversários, apresentações escolares e demais datas comemorativas. Esta decisão precisa necessariamente ser consensual;

4) Afinidade religiosa
Por mais que muita gente não dê a devida importância, o batismo é sim um evento religioso e cujo intuito é conduzir o afilhado para a vivência cristã.  Se você não liga para isso, a escolha dos padrinhos pode ser até mais fácil .. Agora, se quer realmente que se cumpra a proposta do batismo, escolha um casal cujas crenças estejam em sintonia com as suas. Não reclame caso a madrinha budista do seu filho não estiver, por exemplo, estimulando-o a fazer a primeira comunhão.

Enfim, nós pensamos em todos estes pontos no momento em que definíamos os padrinhos dos nossos filhos .. Mateus (Luciana e João Paulo)  e Cecília  (Rita e Robson) e fomos muito felizes nas escolhas.. Nossos filhos tem padrinhos  super presentes e que são também ótimos compadres e comadres..

Mateus com a dinda Lú e com o padrinho João ensinando-o a andar de skate, a Luciana é minha prima e o João é primo do Joel
 
Cecília com os dindos Rita e Robson, ambos meus primos
 
Obrigada "cumadis" e "cumpadis" por serem tão bons para os nossos filhos, somos felizes pelas escolhas que fizemos.. amamos vocês !

Organizando a festa de um aninho ! capítulo de introdução


E cá estou eu novamente às voltas com organização de festa.. Obaaa !!adorofestas#amoorganizarevento#partylover#partydecorations#festadeumaninho ..

Pois bem, a Cecília completa quatro meses amanhã .. Viva a Ceciiiiii
As casas de festas tem suas agendas concorridíssimas .. Mas tudo isso não basta de excelentes pretextos, porque na verdade eu AMO ORGANIZAR UMA FESTA !!  hehehe

Vamos às informações básicas:

Tema : O jardim da Cecília
Local: Buffet Divina Festa  ou  Casa de Festas do Country Club  ou  Buffet Allegro
Quando: 11 ou 18 de Abril de 2015
Paleta de Cores : Rosa e Azul
Estilo : Shabby Chic
Quantos convidados : Aproximadamente 120

Depois farei um post com um passo a passo do que se deve fazer para o bem projetar uma festa de aniversario, não esquecendo de nenhum detalhe e principalmente, para não extrapolar o budget, afinal, tenho que fazer jus ao meu diploma de MBA em Gerenciamento de Projetos .. hehehe

Mãozinha de bebê não se beija !


Sabe aquele momento em que você vê algo que lhe desagrada e por pura educação fica quieta ? É o que eu tenho vivido quase que diariamente quando as pessoas beijam a mãozinha do meu bebê .. Gente, é muita falta de bom senso beijar as mãos de bebês !  Eu  procuro respeitar ao máximo o bebê alheio, sequer fico pedindo para pegar no colo, pois cada mãe tem um jeito, um gosto e suas próprias manias nos cuidados com seus filhos, que dirá eu beijaria a mãozinha da criança.  A criança leva a mão beijada à boca o que acaba contaminando-a com micróbios e até vírus diversos. Se a boca é o maior meio de contagio de doenças, porque cargas d'agua beijam as mãos que irão à boca ? O ideal é beijar a cabeça da criança, se é que você realmente precisa beijar, nem os pés se deve beijar porque tem uma fase, linda por sinal, que eles levam os pezinhos à boca também,
 
Enfim, para não parecer pura implicância ou frescura minha, segue abaixo explicação embasada que traduz os motivos pelo qual eu não gosto desta prática.

  • Os micróbios da boca (Dr. Dráuzio Varella)
 
A boca é um ecossistema de alta complexidade. Esse é o tema de uma revisão publicada num dos últimos números da revista Science.
A primeira descrição de que na boca humana havia seres estranhos, foi feita no final do século 17, na Holanda, por Antony van Leeuwenhoek – um dono de armarinho, hoje considerado o pai da bacteriologia – cuja distração principal era explorar os recursos de uma engenhoca recém-descoberta: o microscópio.
Enquanto os microscopistas da época procuravam magnificar com o novo aparelho asas de insetos, grãos de pólen e outros objetos minúsculos, Leeuwenhoek decidiu pesquisar o invisível. Colocou no aparelho uma gota de água da chuva e revelou o achado: “Encontrei pequenos animais, a meu ver, mais de 10 mil vezes menores do que a pulga d’água, que se pode ver a olho nu”.
Em 1683, ele descreveu o exame microscópio da placa aderida a seus dentes da frente. Nela encontrou milhares desses “pequenos animais”, que desapareciam quando o exame era feito depois de tomar café bem quente. Perguntou intrigado: “Será que o calor do café matou os animaizinhos?”.
Os bacteriologistas procuraram, então, cultivar as bactérias da cavidade oral em laboratório. Os resultados foram decepcionantes: apenas metade crescia nos meios de cultura, impossibilitando a caracterização da biodiversidade existente.
No início dos anos 1990, Sigmund Socransky e colaboradores, de Boston, desenvolveram técnicas para identificação das bactérias sem a obrigatoriedade de cultivá-las em caldo de cultura. A metodologia se baseia em provocar reações bioquímicas capazes de diferenciar o DNA de cada micro-organismo presente numa comunidade, e permite examinar milhares de amostras de cada vez. As novas técnicas identificaram mais de 700 espécies diferentes de germes vivendo em estilo comunitário na cavidade oral humana.
Os micro-organismos que colonizam a boca mostram predileção clara por determinadas regiões: alguns preferem a superfície da língua, outros, a das gengivas ou a dos dentes. Por exemplo, a bactéria Streptococcus mutans que se alimenta de açúcar, a partir do qual libera ácido láctico que destrói o esmalte e provoca as cáries, vive exclusivamente na superfície dentária.
Apenas na língua, foram encontradas 92 espécies de micro-organismos, alguns dos quais responsáveis pelo mau hálito. Quando estes são eliminados por raspagem ou gargarejos com soluções bactericidas, a halitose diminui de intensidade ou desaparece.
Como em outras comunidades biológicas, existe cooperação entre as bactérias contidas nos biofilmes, que revestem as diversas regiões da boca: substâncias liberadas por uma bactéria podem atrair outras. Por exemplo, a bactéria Streptococcus gordonii, que vive no biofilme que cobre os dentes, possui proteínas em sua superfície que atraem outra bactéria, Porphiromonas gingivalis, envolvida em infecções gengivais.
Para dar idéia da complexidade biológica do ambiente criado por tantos micro-organismos comunitários basta lembrar que apenas esta última bactéria produz cerca de 220 proteínas.
Em 2004, o Instituto de Pesquisas Dentárias e Craniofaciais, de Rockville, Estados Unidos, deu início a um estudo programado para catalogar todos os genes dos germes existentes na cavidade oral. Em três anos de duração, o projeto pretende identificar 40 mil genes característicos das populações de saprófitas, simbiontes e parasitas que se instalam e convivem nas diversas regiões da boca.
O estudo permitirá identificar as fragilidades dos germes patogênicos e identificar aqueles que oferecem proteção à mucosa oral e aos dentes.
Compreender melhor as relações ecológicas que se estabelecem entre as diversas comunidades microbiológicas distribuídas pela cavidade oral permitirá usar bactérias inofensivas, geneticamente modificadas, para competir e eliminar as patogênicas responsáveis pelas cáries e outras doenças que agridem a porta de entrada do aparelho digestivo.
 
Além disso, o bebê pode ficar com sapinho, o que aparentemente seria inofensivo, não fosse quando ele piora e ainda vai para a gargantinha, esôfago..
 
 Sapinho
 
O nome científico do sapinho é monilíase. Trata-se de uma infecção causada por um fungo chamado candida albicans, o mesmo da candidíase.
Ele pode aparecer na boca - língua, gengivas, parte interna das bochechas e até nos lábios - ou na região perineal, a área que é coberta pela fralda.
As lesões da candidíase oral são mais comuns nas laterais da boca, e às vezes doem bastante. O primeiro sinal pode ser o fato de o bebê chorar quando mama ou quando chupa a chupeta. Outras vezes, porém, o bebê pode não dar grandes indicações de dor ou irritabilidade, mas o aleitamento fica prejudicado.

Quais são as causas?

O fungo está presente no sistema digestivo de todo mundo, mas, quando há um desequilíbrio, essa presença se transforma em infecção. Os principais causadores desse desequilíbrio são mudanças hormonais ou o uso de antibióticos -- seja pelo bebê ou pela mãe, no caso de criança que mama no peito, uso de chupetas ou mamadeiras.

Em que idade o sapinho ataca com mais frequência?

Enquanto a criança se valer de mamadeiras, chupetas e fraldas, há o risco da infecção aparecer. Mas os bebês nos primeiros meses de vida estão mais sujeitos pelo fato de ainda não terem o sistema imunológico totalmente desenvolvido. Além disso, os pequenos têm o hábito de botar tudo o que vêem pela frente na boca, um comportamento de risco quando o assunto é sapinho. 
 
Então, se você tem o hábito de beijar crianças na mão, ou até mesmo na boca (este último então, não tem nem o que falar, né ? Dispensa explicações) não o faça mais ! A criança e sua mamãe, agradecem ! 

Nosefrida


Genteeeem, chegou o Nosefrida que comprei para a Cecília e logo pensei, porque é que tanto se fala sobre um negocio tão, mas tão simples como este??  E eu mesma te digo.. Porque funciona, e muito!

Trata-se de um aspirador nasal que puxa até aquela coriza mais difícil que fica lá atrás através de um mecanismo muito simples e eficaz, o que ajuda até na cura ou prevenção de otites, pois não fica um catarro pra contar história.
Infelizmente ainda nao tem no Brasil, mas vale a pena arriscar o ebay, amazon e até mesmo aliexpress, em qualquer um destes voce vai encontrar na casa dos $20,00usd e a caixinha de refil do filtro em torno de $10,00usd.. Eu super recomendo !

Festa de 5anos, Copa do Mundo


Estou para contar como foi a festa de 5 aninhos do meu principe desde junho, mas com todos o ultimos  acontecimentos às voltas com a bebê, o tempo vai passando e eu acabo nao postando..

Eu que amooooo organizar festas, desta vez tive que me contentar com a elaboração apenas do convite, de resto ficou tudo a encargo do buffet contratado, pois no dia do evento a Ceci ainda nao tinha nem completado dois meses.

O tema foi Copa do Mundo, o meu pequeno estava toooodo empolgado com a nossa seleçao canarinho (coitadinho, mal sabia da deçepção que estava por vir) kkk e como a mamãe aqui meio que temia o fiasco, antecipei a comemoração do níver dele para a abertura do mundial, assim, não tinha como o Brasil já estar desclassificado e o clima ainda era total de torcida pelo hexa.

A festa aconteceu em 13/06 contando com a presença de todos os amiguinhos da escola, e apenas os parentes de casa como avós, tios e padrinhos.. Desta vez optamos por chamar apenas a sala, o que já deu 50 pessoas.  O convite eu idealizei inteirinho e a Raquel Baqueta da Paper Kids executou para mim. O buffet foi o Festejando www.buffetfestejando.com.br (super recomendo, comida excelente e serviços muito bons).

Vestí o aniversariante de camisa 10, alguns dias antes eu tinha feito umas fotos dele no parque com o uniforme e bola no pé e esta foto ficou na entrada da festa..
   
As lembrancinhas foram bolas de acrílico com doces dentro e também comprei umas tiaras em verde amarelo para as meninas, umas perucas, colar de havaiana na cor do tema, bem como umas vuvuzelas para alegrar a criançada.

Foi realmente uma delícia ver a alegria dele !! Ele se divertiu muuuuito, festou até não poder mais, aproveitando cada segundo deste dia que permanece na lembrança e coraçãozinho dele.. A hora do parabéns foi emocionante para mim, vê-lo com todos os amiguinhos à sua volta e ele com a carinha mais linda do planeta, sorrindo de felicidades..


Bom, o desfecho do nosso "hexa só que não" todos já sabem, mas naquela noite o Mateus foi sem dúvida o artilheiro da festa e por todo o sempre é e será o craque do meu coração.. E viva o Mateus !!
 

O quartinho de bebê cinza e branco da Cecília

O quarto da Cecília foi projetado para ser atemporal, para "crescer com ela" pois ele tem um apelo flexível já que não é, neste momento, necessariamente uma decoração infantil.  Como gosto de decoração mais clássica para bebês, optei pelo cinza com branco e os detalhes puxando para o rosa antigo.  Hoje é um quarto classico para bebê, daqui uns anos com os brinquedos preferidos dela e suas proprias escolhas eu poderei deixá-lo mais lúdico.

Nas paredes predomina o cinza com branco, pois forrei uma delas com tecido listrado nestas cores (Goya tecidos) e as demais paredes foram pintadas de cinza clarinho. O berço também levou detalhe do tecido da parede, conforme dá para ver na foto, forrei a cabeceira e peseira com o mesmo tecido.  A cortina foi um capítulo à parte, pois eu vi este modelo de babados na Pottery Barn kids ano passado em viagem à Orlando, foi amor à primeira vista, porém nem gravida eu estava ainda para me empolgar de compra-la e assim, quando descobri que o bebê era menina saí à caça de alguém que pudesse executá-la para mim, até que encontrei a Sophia Baby no Elo7 que tinha a dita cortina.. Super recomendo ! a Mara foi uma querida que me atendeu muito bem e caprichosamente confeccionou a cortina.

O movel trocador é o mesmo que eu usei com o Mateus, apenas teve seus puxadores substituídos. Os armários foférrimos são do Mercado das Pulgas, siiiim.. Comprei usados e pintei, foi a maneira que tive de encontrar algo tão fofinho ao estilo provençal. A poltrona de amamentaçao eu comprei branca mesmo para não "brigar com a proposta" do quarto. O céu estrelado eu fiz com a Kujawa móveis (super recomendo, eles sempre superam expectativas no quesito qualidade). O dossel encomendei via internet. O jogo de berço é da Sonhos de Ninar e predomina o branco e rosa antigo, com detalhes em cinza..

O resultado é um quartinho contemporâneo, com ares clássicos, super aconchegante e "moldável" aos gostos da Ceci à medida que ela for crescendo.

  
Aqui o berço com o "céu estrelado", o dossel de passarinhos e o tecido da parede que também foi aplicado no berço. O rosa ficou no tecido do vestido da boneca e nos detalhes do jogo de berço
 
 
A cômoda é jogo dos armários e sobre ela uma linda caixa de música no mais delicado estilo carrossel, um mimo que eu comprei, por incrível que pareça, no Aliexpress
 
 
           Aqui o trocador  do Mateus ganhou puxadores cor de rosa, e sobre ele, uma delicada prateleirinha com o kit de higiene, que por sua vez é de coroa para acompanhar a ideia dos passarinhos do kit berço que usam coroa. O cabide lindo e delicado, fiz com um artesão do Elo7, não ficou uma graça ?
 
Ainda falando dos detalhes, a letra C que esta pendurada no puxador do armário e a medalha de berço feita 100% pela mamãe aqui; Depois farei um post mostrando como o fiz.
 
 
 
A cortina da Sophia Baby e o detalhe do bordado desenvolvido pela Sonhos de Ninar para o jogo de berço. O ursinho fofo foi presente da Ellen Lange, uma amiga querida.
A abraçadeira da cortina, também de passarinho, comprei junto com o dossel.
O arranjo de passarinhos que deu as boas vindas no quarto da maternidade, agora na porta do quartinho dela.

Ela e eu .. agora e para sempre !


Nesta foto, Cecília com 30 dias de muito Amor !

O emagrecimento pós parto - Atualizações !

Bem, nesta primeira semaninha de "empreitada pós parto" posso lhes afirmar que assumir um desafio desses pode ser bem mais difícil do que parece.. Vamos às atualizações sobre o que aconteceu nestes dias..

* A babá por hora que ficaria com a Ceci pra eu malhar deu pra tras, assim, para frequentar as aulas de dança a bebê tem que ficar com o marido..

* Descobri que ficar em casa é péssimo quando se está de dieta, pois na rua não existe geladeira pra se assaltar

* Aprendi que ovo em qualquer um de seus preparos (omelete de claras, cozidinho nos intervalos..) causa muuuita cólica no bebê .. Éééé, foi sofrido "consertar" o efeito da minha dieta na Ceci, logo, não recomendo à quem está amamentando, o uso desta proteína

* Dada as dificuldade para malhar com a bebê já que a babá me deu os canos, coloco a Cecília no carinho e bora correr no parque.. Ah, e o tapete da sala também virou local de se fazer abdominais.

Mas vamos que vamos !

Daqui uns dias, novas atualizações..

Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL