Remedinho Docinho .. um Perigo !


Ontem o Mateus “me saiu” com uma que fez com que eu voltasse a me preocupar com o que ele ingere.  O curioso é que ele nunca foi um bebê de ficar colocando coisas na boca, quando muito na fase dos dentinhos ele punha as mãos, mas de fato, sempre pude deixa-lo à vontade com miudezas sem medo dele engolir.

Até que um dia destes ele pediu Decongex, alegando que precisava do “remedinho docinho que faz sarar”.   Expliquei que ele não estava doente e que remédio se tomado sem necessidade iria fazer mal a ele.. Passado uns dias ele pediu de novo e por mais de uma vez. Passei a perguntar se ele queria doce e substituí a vontade dele tomar remédio, por chocolate ou algum outro docinho.

Ontem porém, eu estava na sala e o Joel havia subido quando me dei conta que ele tinha sumido e estava muito quieto .. Logo gritei o Jô e perguntei se o Mateus estava com ele, quando ele disse “Não! Ele está aí com você” meu coração disparou e eu fui como um gato, pisando pé por pé pra ver se pegava no flagra o que ele estaria aprontando.. Gente, não é que o menino tinha colocado o banquinho plástico dele na beirada da bancada da cozinha e estava se espichando para tentar pegar um frasco de Digesan que estava lá ?  Aí tentando bancar a mãe psicóloga fingi calma e perguntei o que ele estava fazendo e ele responde : “_ Pegando o remedinho que você não me deu mamãe e por isso eu piorei, minha garganta dói muito”  A maior mentira, né ?  Aí eu agradeci ao anjo da guarda dele que me mandou ir atrás e expliquei pacientemente para ele que aquilo ali faria mal para ele e não bem !  E para minha sorte, por se tratar de Digesan, eu pude pingar uma gota na língua dele e mostrar o quão ruim era o remédio..  Ele odiou o sabor e disse (espero ser verdade) que vai me obedecer !

Agora começa de novo o período de levantar coisas, neste caso, remédios para não corrermos o risco de ele ter uma intoxicação medicamentosa.   Bom, também com a proximidade da chegada do irmãozinho(a) logo logo eu terei que colocar portãozinho de grade na porta da cozinha novamente, assim, eu protegerei o pequeno e o “grande” por tabela.. 
Mas não é fácil ! rsrsrs  Se só com ele um par de olhos muitas vezes  não é suficiente, imaginem à partir de Abril   ..    com dois !!

Cinza! Agora para o chá de bebê

Adoro "escarafunchar" decoração em geral e no momento é claro que meu foco está na decoração para bebês, aqui mais especificamente, festinhas!  Adoro o Pinterest e também as referências americanas de decoração, eles usam muita coisa hippie chic, bem como, fazem de peças simples o charme do evento.

O que tem de cinza por aí, você não faz ideia !  Cinza com branco (classico), com amarelo (descoladinho), com rosa antigo (chique) e com azul turquesa (divertido).  Estou simplesmente apaixonada pelas inspirações que tenho encontrado.  O que de fato sera o tema do meu chá eu ainda nao defini, mas certeza que vai ter cinza misturado.. hehehe











Escolhendo um nome pro bebê



Eu já tinha feito um post sobre escolha de nomes, mas como agora estamos na árdua missão de escolher o nome do bebê, resolvi fazer mais um. Pretendo, (não sei se vou conseguir a tempo), ter esta definição ainda antes da próxima eco, já que na da semana passada, se tivéssemos conseguido ver, ele(a) ficaria ainda sem nome porque estamos na maior duvida. 

Mas ô tarefa complicada esta, não ? Pense. o bebê vai carregar pro resto da vida um nome que eu escolhi e que caso ele(a) não goste, não haverá muito o que possa ser feito .. Baita responsa !

Para menino, pensamos:
  • Miguel - mas nos tocamos que tendo já um Mateus em casa, ficaria meio com cara de dupla sertaneja, né? rsrsr Miguel & Mateus... não rola ! kkk
  • Lorenzo – eu adoro, mas o Joel não quer
  • Enzo – mesma linha de Lorenzo, ele tbém não curte
  • Theo – não gostava deste nome, passei a me acostumar com ele e hoje até colocaria, mas ainda não defini..
Aí ficaram as opções que ainda vamos bater o Martelo...
  • Francisco / Benício / Lucas ou Lucca 
Para menina:
  • Ana Clara – eu adoro e foi inclusive sugestão do Mateus, mas o Joel não quer
  • Nina – bonitinho, pequeno e simples, mas o Jo tbém não curte rsrs
  • Sofia – nós dois gostamos, mas tem muuuitas Sofias por aí, inclusive no nosso meio social
Agora estamos entre...
  • Alice / Cecília / Isadora 
Na sequência, assim que eu souber o sexo conto aqui que nome o bebê ganhou, ok ..

Agora já que estamos falando no assunto, você já viu como os famosos são craques em dar nomes estranhos aos seus filhos ? Eu estava na internet lendo o significado destas nossas opções, quando me deparei com uma lista de nomes, digamos .. exóticos ! São eles:

Blue Ivy Blue – filhinha da Beyoncé
Lily-Rose Melody – herdeira de Jhonny Depp
Maroccan e Monroe – são os gêmeos de Mariah Carey
Bear Blue – o “pobre” filho de Alicia Silvertone .. gente, quem daria o nome de “urso azul” pro seu bebê ?? Ô peninha do menino ...
Bluebell Madonna – é a filha da ex-Spice Girl Geri Halliwell
Sunday Rose - é o nome da pequena de Nicole Kidman. Bom, não é usual, mas existe coisa pior.

Já aqui no Brasil mesmo, Pepeu Gomes e Baby do Brasil batizaram seus filhos de: Sarah Sheeva / Pedro Baby / Krishna Baby / Kriptus Baby / Nana Shara e Zabelê

Marisa Monte, para inovar também, deu a seu menino o nome de Mano Wladimir.

É... o que não me falta são inspirações, né ? rsrsrsrs


Precisando do colo de minha mãe



"(...) às vezes na minha saudade eu tenho impressão 
que continuo criança." 

(José Mauro de Vasconcelos)




Felicidade! A eco Translucência Nucal



Gente, estou tao feliz! tão eufórica! Fiz a "temida eco" da translucência nucal e deu tudo óóóótimo! Confesso que estava preocupada, pois à medida que a idade vai passando, (e eu estou com 35) aumenta a possibilidade de alterações cromossômicas... Mas não! 

Foi tudo uma benção, mais uma benção aliás! Só tenho motivos a comemorar e agradecer! 

Ah, o sexo eu não consegui ver, ficou pro comecinho de novembro ainda!




Jóias para mamães

Quem me conhece sabe que eu adoooro jóias .. Isso não quer dizer que eu as tenha na mesma proporção que gosto, ok ?  rsrsrs mas de fato, o assunto muito me interessa e adoro conhecer novos designers, pesquisar tendências e lançamentos do ramo joalheiro.

Em se tratando de jóias para as mamães, sempre caímos naquela coisa do pingente bonequinho, que eu particularmente acho fofo e até tenho um do Mateus, mas convenhamos que tudo o que vai pro lado do diferente, tem de fato uma bossa à mais.

Assim, separei aqui uns pingentes pra lá de charmosos, modernos e acessíveis para o gosto de qualquer mamãe..

Para quem quer fugir do óbvio que faz referência à criança, a Lisht tem estas opções muito  charmosas e versáteis em pingentes de corações para representar todo o seu amor.

Este aqui é semi-jóia mesmo, já vi para vender em várias lojas de bijoux.. Vai dizer que não é um mimo ?  Além de uma ótima opção para quem nao está podendo gastar muito.
 

A Vivara manda muito bem em design !  Achei uma fofurice estes pezinhos lindos

Estes são da Pottery Barn Kids, loja americanca que eu amooooo e até já fiz um outro post com itens deles aqui.  Eles tem semi-jóias descoladas e charmosas para quem procura algo diferente.  www.potterybarnkids.com  Ah, e o mais legal é que eles entregam no Brasil, pagando o imposto de importação, claro. 
 
 

Que delícia para quem tem um casal, poder usar estas peças da Ganish.  Um mimo só, em ouro escovado e bem diferente também dos habituais bonequinhos.



* Todas as imagens deste post foram extraídas da internet, se alguma for de sua propriedade e você não concordar com a publicaçao, por favor me informe.

Senta que lá vem mamadas

O processo de amamentação, conforme já falei aqui mesmo em outro post, requer disponibilidade, paciência e muita boa vontade.   Nos primeiros meses de vida do bebê a alimentação será essencialmente de leite (materno ou não) e para que ele se alimente com qualidade, o ideal é que o processo seja tranquilo em um lugar com pouco barulho e pricipalmente que a mamãe esteja confortável, em especial se for amamentá-lo com leite materno.

Para tanto, existe no mercado diversos modelos de cadeiras/poltronas de amamentação, umas mais clássicas outras mais modernas, mais robustas e de design mais clean.. o que não vai faltar é opção para você escolher.

Este é um dos modelinhos mais clássicos e como eu não curto muito a carinha dela nos tons pastéis, escolhi uma mais coloridinha um pouco. Dá para trocar o tecido, assim você garante o conforto da cadeira tradicional, inovando um pouquinho no aspecto.

Esta também é bastante encontrada por aí;  Um pouco menos confortável em se tratando do espaço que ela oferece em relação ao modelo anterior, porém ela balança e isso já é um diferencial.



Esta cadeira moderninha, não parece oferecer aquele conforto, mas vamos combinar que a carinha dela combina em cheio com quartinhos descolados, não acha ?
Esta é uma fofuuura que eu sou completamente apaixonada !   Existem versões com bichos de pelúcia, mas acho que esta se encaixa melhor na amamentação. 
Ela é do Projeto Recria de Criciúma/SC

Chá de bebê da Pati e da Deni

Domingo próximo será o chá de bebê da Pati (minha cunhada irmã do Jô) e da Deni (minha prima, prima do Jô) e eu como gosto destas coisas, me incumbi da decoração.

Que tons fazer se estamos nos referindo à um casal de babies ?  Optei pelo marrom e verde, influenciada pela Deni que me disse gostar destes tons e assim, comprei bexigas marrom e verde, estou fazendo pompons nestes tons (estou muito inserida no "momento pompom") rsrsrs, Tags para compor detalhes da mesa, forminhas personalizadas para os docinhos, além de urso marrom e bolo de fraldas com o mesmo tom e tema.

Esta uma delícia organizar tudo isso !  Não vejo a hora de chegar o meu chá .. hehehe

Imbuída deste espírito Baby Shower, deixo aqui umas referências em marrom com verde para que você possa, assim como eu, se deliciar com as coisinhas lindas disponíveis nestes tons.






*PS. As imagens foram extraídas do google simplesmente por terem me agradado, se por acaso algumas delas for sua e você quiser que eu a retire, favor me procurar.  

Gritar com o bebê não adianta nada !

Sempre me deparo por aí, no meu convívio social e até mesmo em lugares públicos como shoppings, com pais nervosinhos tendo crises estéricas para cima das crianças. 
Uns mais contidos, outros mais explosivos mas eu sempre me incomodo quando vejo alguém ferindo o moral da criança gritando ou humilhando-a publicamente. De fato, tenho até vontade de interferir, mas aí eu me contenho rsrsrs..

Hoje porém, vi esta matería interessantíssima do Baby Center  ( http://brasil.babycenter.com/) e não consegui não compartilhar, pois sempre tem alguém ao nosso redor que merece tomar conhecimento do que foi colocado aqui, tão apropriadamente.   Boa leitura.

A equipe do BabyCenter

Formada por jornalistas especializados em saúde
Neste momento, seu trabalho "educativo" consiste em manter seu bebê seguro, acolhido e estimulado, já que disciplina de verdade -- daquele tipo que ensina lições e muda comportamentos -- só poderá ser aplicada mais no futuro. A realidade é que um bebê que engatinha pode até já ser grandinho para aprontar, mas não é de jeito nenhum maduro para diferenciar o certo do errado.

Isso não quer dizer que você não possa começar desde já a orientá-lo, praticando aquelas técnicas que farão parte da vida de vocês dois por anos a fio. Quando ele puxar o fio do aparelho de TV ou tentar lamber seu sapato, olhe firme para ele e diga "Não faça isso", redirecionando-o rapidamente para outra atividade, mais segura. Como a atenção das crianças desta idade é muito curta, logo logo ele vai esquecer o que estava fazendo antes.

Não importa o que o bebê fizer, bater nele ou gritar nunca serão respostas apropriadas. Esse tipo de disciplina só servirá para assustá-lo e pode até machucá-lo de verdade. Chacoalhar um bebê pode causar danos cerebrais permanentes e até a morte. Se o nervoso que você passar for além da conta, coloque a criança em um lugar seguro, como o berço, por exemplo, e se permita dar um tempo longe dela para acalmar.

Para evitar esse tipo de problema, o melhor mesmo é que sua casa seja um ambiente seguro para crianças. (Leia mais em nossos artigos sobre segurança na cozinha e como deixar a casa segura para crianças que engatinham.) Se você não quer que seu filho mexa naquilo, tire do alcance dele.

Verifique também se as tomadas estão cobertas com protetores, tire objetos perigosos do meio do caminho, veja se móveis pesados não podem cair se forem puxados e se a fiação elétrica está devidamente protegida. Assim você economiza muitos "nãos" e, em vez de só ficar dando broncas, vai poder desfrutar mais da companhia do seu filho e se maravilhar com a fascinação dele pelo mundo ao redor.


http://brasil.babycenter.com/x4300123/tem-problema-dar-bronca-no-beb%C3%AA-para-ensinar-o-certo-e-o-errado#ixzz2h8SQj9I3

Enjôos espaçados

Cheguei na 11ª semana e os enjôos estão bem espaçados !  obaaaa ..   Ainda sinto um pequeno desconforto quando como doces de estômago meio vazio, de resto, acho que a fase mais chatinha está acabando.   Agora só preciso conter a ansiedade para a chegada do dia 22/10 quando farei a eco para tentar descobrir o sexo.

Vou aproveitar o tema para falar a respeito do que fazer para amenizar os sintomas enjoadinhos da gestação.
Na verdade, não existe comprovação de que estes métodos efetivamente resolvam o problema, bem como, também não existe uma teoria exata sobre o que causa os enjôos,  são de fato os depoimentos de gestantes que confirmam ou negam a eficácia do "tratamento", mas na dúvida, sendo lenda ou não.. não custa tentar.

*Há quem diga que comer damascos secos pela manhã antes de sair da cama, dá uma estabilizada na sensação;
*Tomar um copo de água saborizada com limão, ou até mesmo, uma limonadinha fraca sem açucar; Também não vá tomar nada muito ácido de estômago vazio que você ainda adquire uma gastrite;
* Comer de duas em duas horas. (na verdade este artifício é o que eu mais acredito e comigo realmente funciona);
* Evitar alimentos muitos gordurosos como frituras e cremes à base de creme de leite/queijos e afins;
* Não se deixar levar pelo enjôo, pois se você enjoar e não comer por conta disso a tendência é que enjoe ainda mais.      Faça um esforcinho para começar a comer e à medida que "forrar o estômago" você começará a se sentir melhor.

De qualquer forma, um pouco de paciência também ajuda, pois os enjôos começam por volta do 2º mês - 8ª semana e geralmente não ultrapassa muito a 12ª semana.  Em casos menos comuns, mulheres relatam sentir enjôos até a 20ª e em raríssimas situações se ouve falar de gente que enjoôu a gestação inteira e só perdeu peso.

Então querida, tenha paciência, respire fundo e lembre-se .. "Quando casar" .. ops .. "Quando nascer sara !"  hehehe 

E que venham mais grávidas


Neste domingo descobri que a Grazi minha vizinha querida e quem cuidou muito bem de mim aplicando injeções diárias enquanto eu estava de repouso (ela é enfermeira), também está grávida e o bebê deve nascer com duas semanas de diferença do meu.
Vai ser uma delícia ter no meu convívio próximo, uma pessoa vivendo o mesmo momento, compartilhando das mesmas idéias e principalmente curtindo tudo isso juntas! Que demais!! e depois na licença maternidade, ainda seremos companhia uma pra outra..

Que venham com MUITA SAÚDE, os bebezinhos queridos de Maio de 2014!!!

Gestação Contradição


Muito falam e escrevem sobre todas as alterações físicas e hormonais que acontecem com as mulheres durante a gestação, alguns, por conta de compreenderem a ebulição hormonal que vivem as gestantes, escrevem artigos a respeito quase que “nos perdoando” por qualquer coisa e também numa tentativa de ensinar aos outros que por um período devem “nos perdoar” também.

Perdoar-nos porque ficamos lindas cheias de luz, mas ficamos feias com espinhas e quilinhos a mais e que no fundo, estranhamente ainda são lindos.

Perdoar-nos porque ficamos uma “gracinha chorando à toa”, mas que na real, aguentar isso de fora deve ser um saco.

Perdoar-nos porque acordamos diversas vezes à noite, pra fazer xixi, pra tomar água, pra “cuspir fogo” siiiim, tem dias que a azia realmente incendeia, no entanto o marido que está ali tentando dormir, precisa novamente compreender e “perdoar” ..

Aff.. como é linda e complicada a gestação, não ?!? 

Aí, eu me pego em um surto de medo, muuuuito medo de tudo o que vem pela frente ! E você vai me perguntar.. “_Mas você não queria este bebe? Não era o seu maior desejo?” ... Sim gente, era e continua sendo !! mas eu sou humana, contraditória e morro de medo. 

Medo dele(a) não ter a mais perfeita saúde, medo dele(a) ficar chorando o tempo todo e eu não saber como lidar.. Medo, muito medo de sem querer acabar tendo predileção por um ou outro filho (acho que não terei isso, mas tenho medo) .. Medo de não saber criar dois (mas eu não preciso ter medo disso, só que tenho) .. Medo por estar com medo .. que loucura .. será que estou normal por sentir tantos medos ? E olha que eu estou gritando aos quatro cantos do mundo a minha felicidade.

Aí este medo vem acompanhado de remorso por estar com medo e por conta deste remorso eu mando o medo embora, volto a me focar em tudo de bom que eu sei que viverei, até que um dia o medo “me assalte de novo”.

Que período contraditório!



Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL