Viagem é o único produto pelo qual você paga, que te deixa mais rico!



Estes dias papeando com uns amigos, um deles perguntou... _ Mas e este molequinho viajado, por onde já passou ? 

E aí comecei a contar as aventuras de Mateus e divagamos bastante acerca da diferença entre a nossa infância e a infância atual. Estamos no meio do maior turbilhão de informações disponíveis já vivido ! Tudo é agora e daqui a pouco já era ! Não se pode perder tempo porque as coisas acontecem em uma velocidade luz e com isso, muitos produtos e serviços ficaram mais acessíveis dada a oferta gigante disponível, bem como a acessibilidade a elas e com isso entre tantas outras facilidades, agora se pode viajar ! 

O Mateus com 05 meses passou um réveillon na Bahia.. aí eu pergunto, quando é que na nossa época (ali nos anos 70 / 80) nossos pais jogariam um ou uma penca de criança nas costas e enfiariam o pé na estrada como fazemos hoje ? Acho que nós somos a geração de pais mais descolados que já existiu .. Nossos maridos são a primeira geração de pais ativamente participativos (não que não houvesse naquele tempo, mas era mais difícil) e com isso, conseguimos como casal, fazer inúmeras coisas com nossas crianças que nossas mães “sozinhas” não eram capazes naquela época. Com esta facilidade de ter o Joel super presente em todas as atividades da vida do Mateus fica bem fácil, pois lá em casa não tem tarefa minha ou dele na criação do menino, o filho é nosso e portanto podemos fazer tudo com ele e sempre dá certo. O Mateus começou nesta viagem à Bahia, depois o levamos algumas vezes ao RJ, foi pra Miami mais de uma vez e fez cruzeiro pelas Bahamas, passou por Buenos Aires, Gramado, passou o reveillón em Fortaleza, passou reveillón em Maceió além de Orlando com Disney no pacote, claro !.. tudo com ele na bagagem, perguntando, vendo, curtindo ao máximo cada experiência ..

O que eu vou poder fazer por ele no futuro eu sinceramente não sei ! Mas hoje, isso é uma das coisas que estamos “deixando pra ele” e aquilo que se vive, “ninguém tira de você”.

Menino "marronzinho"


As vezes me pego admirando a inocência, a bondade e a maneira simples, descomplicada com que as crianças enxergam a vida. Acho que se a humanidade se esforçasse para ver o mundo com aquele olhar de criança (mesmo que apenas um pouquinho) tudo seria melhor, haveria menos males, menos preconceito, as pessoas poderiam ser mais autênticas e o respeito seria parte do cotidiano.

Ontem, dando banho no Mateus, eles que é branco de cabelos castanhos escuros, me disse assim : "_ Né mamãe que a Bia parece comigo ?" (Beatriz é uma amiguinha da escola com o biotipo semelhante ao dele) ... Naquele momento fiquei curiosa em saber qual a comparação que ele havia feito e por qual prisma ele se achava semelhante à Bia, quando perguntei .. Sim filho, mas porque você acha que vocês se parecem ? E ele de prontidão me respondeu que ela é "marronzinha" igual a ele ! rsrs Achei aquilo o máximo e comecei a instigá-lo; E o Henrique, filho ? (Henrique é o amigo beeem loirinho), ele me responde : "_O Henrique é branco, mamãe!" ; E eu filho ? "_Ah, você é menos marronzinha, é mais cor de pele" rsrs ; E o papai, filho ? "_ O papai é maronzão" kkk e por fim, comecei a perguntar o que ele achava de cada um ter uma cor e para minha surpresa ele respondeu que acha tudo bonito e "_ Eu também queria ser bem marronzão mamãe" .. A é filho ? Porque ? "_Porque eu acho bem bonito!" ...

Naquele momento, meio que rindo e extremamente emocionada eu ri e chorei junto ! Que fantástico, o meu filho de 04 anos admirando as diferenças e o melhor, achando bonito !

Enquanto isso o mundo lá fora está "se quebrando" por raça, cor, religião e orientação sexual ..

Que bom seria se todos neste mundo respeitassem e admirassem os "marronzinhos" da vida, com certeza haveria muito mais paz, repeito e seríamos todos bem mais felizes !

E viva as diferenças! :-)

Rinite não!


Vamos falar de rinite .. a a a a aaaaaaaaaatchiiimmmmmm !

Eu sou alérgica crônica, daquelas que vive falando meio que “pelo nariz”, sofro com qualquer alteração climática ou quando em lugares com carpete, cortinas e afins. Tenho “n” outras alergias com as quais não me acostumei, mas aprendi a conviver e por conta de tanto sofrimento, faço de tuuudo o que posso para que meu filho não venha a ser um herdeiro da rinite !

Primeiramente vamos entender.. mas o que é realmente a Rinite ?

O QUE É RINITE ALÉRGICA?

O nariz é um dos componentes das vias respiratórias, sendo o primeiro local por onde a ar passa até alcançar os pulmões. Dentre outras atribuições, é responsável pela limpeza, umidificação e aquecimento do ar inspirado.

Para exercer esta função corretamente, o nariz possui um complexo mecanismo de defesa, o qual, ao entrar em contato com alguma substância tóxica desencadeia uma resposta que impedirá esta substância de alcançar os pulmões. Através do surgimento de obstrução nasal teremos o bloqueio da passagem deste agente agressor, e dos espirros e coriza a remoção desta substância. Isto é normal e todas as pessoas ao entrarem em contato com algumas substâncias tóxicas apresentam estes sintomas.

Uma pessoa quando fica gripada apresenta obstrução nasal, espirros e coriza, pois seu organismo está tentando protegê-la, impedindo que os vírus alcancem seus pulmões através do ar.

Alergia, na realidade, não significa falta de defesa do organismo, mas muito pelo contrário, é uma defesa exagerada contra agentes que não são potencialmente agressivos ao ser humano. Ou seja, uma pessoa alérgica é aquela que é hiperreativa a determinada substância que para uma pessoa normal não despertaria nenhuma resposta. O sistema imunológico das pessoas alérgicas, por características genéticas, interpreta que determinada substância é tóxica, e que ele precisa proteger o organismo de sua entrada. É por isto que algumas pessoas, convivem normalmente com fatores que causam a alergia, como a poeira de casa, sem ter sintomas, ao passo que outras pessoas ao entrarem em contato com esta mesma poeira podem ter rinite e asma.

O paciente alérgico não nasce hiper-reativo (com alergia), mas sim com a capacidade de sensibilizar-se a determinado fator. Tornar-se sensível significa passar a ter uma resposta de defesa a uma substância que antes era tolerada. Isto significa que podemos conviver com determinada substância por muitos anos, e vir a desenvolver sintomas apenas tardiamente.

Esta característica é herdada dos pais. Quando um homem e uma mulher alérgicos tem um filho, a chance desta criança ser alérgica é de cerca de 50%. Por outro lado, mesmo que nenhum dos pais apresentem alergia, a criança ainda assim pode vir a ter.

Este tipo de alergia pode se apresentar como rinite, conjuntivite, asma e alguns tipos de alergia de pele. Porém a forma mais comum é a rinite. Cerca de 10 a 25% das pessoas sofrem de rinite alérgica.

QUAIS OS SINTOMAS DA RINITE ALÉRGICA?

Os sintomas que os pacientes portadores de rinite alérgica apresentam são obstrução nasal (entupimento), coriza, espirros (algumas vezes o paciente espirra mais 20 vezes seguidas) e coceira no nariz. Esta coceira pode ser na garganta ou nos olhos.

Além disto a rinite alérgica, pode causar outros problemas, como otites (inflamação dos ouvidos), sinusites (inflamação de cavidades existentes na face) e roncos (pelo entupimento do nariz) que faz com que o paciente não durma bem a noite. O paciente só vai apresentar estes sintomas quando estiver em contato com as substâncias aos quais é alérgico. Estas substâncias recebem o nome de alérgenos. Quanto maior o contato, mais intensos tendem a ser os sintomas.

Todos os doentes apresentam estes sintomas minutos após o contato com o alérgeno, e cerca de metade deles terão novamente sintomas cerca de 4 a 6 horas depois.

QUAIS AS CAUSAS DA RINITE ALÉRGICA?

Muitas substâncias podem causar alergia como a poeira de casa, pólens e alguns alimentos. Aqui no Brasil é a poeira domiciliar é o fator mais importante. Ela é constituída por descamação da pele humana e de animais, restos de pelos de cães e gatos, restos de barata e outros insetos, fungos, bactérias e organismos microscópicos que são chamados ácaros (família dos aracnídeos). O principal fator da poeira que causa alergia é o ácaro. Existem vários ácaros, e o que mais freqüentemente esta relacionado à alergia é o Dermatophagoides ssp., que significa, aquele que se alimenta de pele. Este é o seu nome pois uma de suas fontes de alimentos é a descamação da pele. No colchão de nossas camas e nos móveis estofados que existem em nossas casas encontramos muita descamação de pele e é exatamente por esta razão que nestes locais existe grande quantidade de ácaros. Estes ácaros vivem nas camadas profundas dos tecidos, abraçados as fibras. Eles não são capazes de viver sobre uma superfície lisa, como por exemplo nas paredes.

Em São Paulo, e outras regiões do Brasil onde não há uma clara definição das quatro estações do ano, a forma de rinite alérgica que predomina é a causada pelos ácaros, sendo que os doentes, em geral, apresentam sintomas durante o ano inteiro. Em outras regiões (como no sul do país), na época da primavera, ocorre a polinização das flores, e podemos ter a rinite alérgica da estação, chamada nos países do hemisfério norte de febre do feno. Apesar deste nome, não existe febre e tampouco o feno é o responsável pelos sintomas. São fungos que proliferam nos maços de feno as substâncias que desencadeiam os sintomas.

Normalmente o paciente com rinite alérgica, apresenta os sintomas quando em contato com o alérgeno, e em geral, estes sintomas são proporcionais á quantidade de alérgeno. Na época do inverno, estes pacientes sofrem mais, pois, neste período, são usados cobertores e roupas que ficaram guardados por muito tempo, e podem estar cheios de ácaros e fungos. Além disto estes doentes são mais susceptíveis a resfriados. Na verdade o resfriado é uma inflamação do nariz, que irá comprometer os mecanismos de proteção nasal, com isto facilitando a entrada dos alérgenos.

COMO TRATAR RINITE ALÉRGICA?

O tratamento dos pacientes portadores de rinite alérgica é composto por três pontos fundamentais:

A- Higiene ambiental
B- Tratamento medicamentoso
C- Vacinas anti-alérgicas

A- Higiene ambientalA forma mais simples de tratar alergia é evitar o contato com a substância que desencadeia os sintomas. Por exemplo, se o paciente apresenta obstrução nasal, coriza e espirros quando ingere determinado alimento, o mais fácil a fazer é simplesmente não comê-lo. Infelizmente, a principal causa de rinite alérgica é o ácaro, e não é fácil evitar o contato com ele.

Algumas medidas simples podem ser adotadas, e irão diminuir a quantidade destes insetos. A casa e principalmente o quarto onde o doente dorme devem ser limpos com bastante freqüência. Infelizmente a vassoura e espanador de pó apenas espalham o pó pelo ambiente. Os aspiradores são capazes de reter alguma sujeira, porém normalmente sue filtro não é desenvolvido para limpar o ar por completo, e portanto muitas vezes o que ele faz é uma pulverização de poeira no ambiente. Aspiradores com filtros especiais e de alta eficiência existem, porém tem um custo muito elevado. No caso de não existir carpete ou tapetes no chão, o uso de pano úmido na limpeza é uma forma bastante eficaz para remover a poeira.

Um ponto importante a ser considerado, é a existência de uma boa ventilação na casa e no quarto, e se possível ambientes ensolarados, para evitar o surgimento de bolor (fungos).

Além disto, o ideal é que não existam carpetes, tapetes, cortinas, bichos de pelúcia ou outros móveis ou utensílios que possam acumular poeira. Ainda, deve-se evitar o uso e contato com travesseiros e almofadas de penas ou outros materiais que possam causar alergia. A utilização de capas protegendo os colchões e travesseiros, assim como de substâncias para eliminar os ácaros do ambiente apresentam eficácia quando aplicados corretamente.

Estas medidas de higiene não acabam com os ácaros e outros alérgenos, mas diminuem a sua quantidade.

Além destas mediadas de higiene ambiental, onde o objetivo é reduzir a quantidade de alérgenos, é muito importante que os doentes fiquem afastados de outras substâncias capazes de irritar o nariz. Cheiros de perfumes, produtos de limpeza, produtos para deixar os ambientes com cheiro agradável, fumaça de cigarro, tintas, inseticidas e poluição, são alguns exemplos de substâncias capazes de irritar o nariz, e desencadear sintomas. Outros fatores inespecíficos como as mudanças bruscas de temperatura, frio e umidade do ar são também prejudiciais aos doentes.

B- Tratamento medicamentoso
A critério médico, se estas medidas não forem suficientes para controlar os sintomas do paciente, poderá ser receitado medicamentos.

Existem dois grandes grupos de drogas que podem ser usadas. Um tipo funciona preventivamente e outro apenas alivia os sintomas.

Do ponto de vista farmacológico, dispomos de descongestionantes, anti-histamínicos, estabilizadores de membranas, e corticosteróides. Cada uma destas drogas atuam de forma diferente, e nenhuma é isenta de efeitos colaterais que algumas vezes podem ser graves. Por isto, o ideal, é não realizar auto medicação e procurar seu médico.

C- Vacinas anti-alérgicas

Quando o tratamento feito nestas condições (higiene ambiental e medicamentos) falha, pode-se associar o uso de vacinas anti-alérgicas. Este tratamento é longo, porém quando feito corretamente, diminuí a sensibilidade do doente àquela substância ao qual ele era alérgico. Muitas vezes chegamos ao ponto onde não há mais necessidade do uso de medicamentos.

Fonte: Dra Anna Thereza Molina Vana pedriatra especialista em alergia infantil.

O Parto... e assim eu conheci o maior amor do mundo !

http://fc04.deviantart.net/fs71/i/2013/119/5/7/white_rose_by_whatido4fun-d63h5em.jpg

Minha gravidez inteira transcorreu normalmente, então eu fiquei boa parte dela fazendo planos para um parto normal e quando lá na 37ª semana a minha GO disse que meu bebê era cabeçudinho e já estava com 3,5 Kg eu comecei a amarelar rsrsrs Foi quando marquei a cesárea para a semana seguinte e assim, o Mateus nasceu na manhã do dia em que eu completava 38 semanas.

O Parto...
"Venham todos meus amigos, vamos juntos celebrar .. O bebê mais bonitinho que está para chegar ! É bem vindo o Mateus, é bem vindo o meu Mateeeeeeus... A imagem do amor e o carinho, na barriga da mamãe!"
Esta era a musiquinha, adptada diga-se de passagem (um jingle antigo da Johnsons) que eu cantei para ele durante a gravidez inteira e na madrugada do dia 06/07/09 enquanto tomava o meu último banho de grávida, cantei novamente já sentindo saudades, muuuitas saudades de carregá-lo dentro de mim e ao mesmo tempo, euforicamente feliz por saber que dali umas poucas horinhas eu o teria nos braços e então poderia já cantar a versão original da musica que diz: " ... a imagem do amor e o carinho, na palma da minha mão!".

Dali me vesti, peguei minhas coisas e fui pro carro com o Jô e a tia Bel que me acompanharam a cada minuto. Chegando na maternidade eu me senti uma celebridade, pois a sensação dentro de mim é que eu era "A" mãe chegando no hospital para ganhar "O" bebê .. e acho que era mesmo, pois para cada mãe a sua experiência é única e realmente a mágica do momento nos faz esquecer naquele momento, de que existem mais pessoas no mundo além do nosso bebê 

O meu príncipe nasceu com apgar 9 e em seguida 10.. Só consegui amamentá-lo mesmo lá pela 48ª hora de vida, mas também quando ele começou.. rsrs .. e é "comilãozinho" até hoje ! 

De lá para cá, mesmo sendo mãe de filho único eu tive "vários outros partos", pois para mim desmamá-lo foi simbolicamente mais um corte de cordão, entregá-lo à uma professora no seu primeiro dia de aula então .. Aff, este foi um parto à forceps (depois passou, tá ? rsrs) .. o dia em que ele pede pra ir na casa de um amigo.. siiiim, com 3 anos e 10 meses já está pedindo e inumeras outras situaçoes pertinentes ao seu desenvolvimento, são partos pelos quais eu passo e contudo láááá no fundo o meu coração bobo de mãe estar apertadiiiinho, acreditem .. Eu A d o o o o r o vê-lo se desenvolver e saber que talvez eu tenha sim, partos diários, mensais, não sei .. ao longo da vida dele, mas o que realmente importa é que está tudo dentro da normalidade, seguindo o script e nós, indiscutivelmente, temos sido muito felizes!!!


Posts Recentes

Últimos Comentários

Não perco por Nada!

CAIXINHA DA MAMÃE - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2013
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL